Programa “Dader Kmanek” da GMN TV dedicado ao Programa de Apoio aos Jornalistas e Jovens Jornalistas

Programa “Dader Kmanek” da GMN TV dedicado ao Programa de Apoio aos Jornalistas e Jovens Jornalistas

O programa do canal de televisão GMN “Dader Kmanek” dedicou a sua emissão da passada quinta-feira, 26 de novembro, à apresentação e divulgação do Programa de Apoio aos Órgãos de Comunicação Social (OCS) e aos Jornalistas Timorenses, desenvolvido no âmbito do PFMO – OSAN POVU NIAN JERE HO DI’AK, para ajuda de emergência e resposta à crise no setor e para os profissionais do jornalismo, em resultado da pandemia do COVID-19 e do Estado de Emergência.

O programa contou com valiosos depoimentos do Embaixador de Portugal, José Pedro Machado Vieira e do Embaixador da União Europeia, Andrew Jacobs, que explicaram os seus objetivos e relevância como instrumento de ajuda excecional aos jornalistas de Timor-Leste, confrontados com as dificuldades da crise de pandemia.

No programa foram divulgadas, pelo Coordenador Geral, Rui Dinis e pelo Técnico de Monitoria e Avaliação do PFMO, Miguel Alves, as principais medidas de apoio ao setor, que incluíram a aquisição de publicidade e de espaços de divulgação das atividades dos Parceiros na imprensa escrita e digital, bem como o apoio aos profissionais da comunicação, com a oferta de créditos de internet e comunicação (“pulsa”), a distribuição de máscaras de proteção individual aos jornalistas da linha da frente na cobertura ao COVID-19.

Além dessas medidas, a partir de agosto o programa incluiu a atribuição de bolsas profissionalizantes a jovens jornalistas e a jornalistas em início de carreira, bem como aos seus tutores e mentores em cada OCS, além de incentivo aos jornalistas para publicação de trabalhos de jornalismo em temas da sua autoria e responsabilidade relativos à prevenção e combate à pandemia, aos impactos económicos e sociais do COVID-19, às restrições ao Estado de Direito, bem como aos temas ligados a matérias orçamentais e de supervisão de finanças públicas.

Ao programa candidataram-se até ao momento 154 jornalistas Timorenses, tendo os apoios sido atribuídos a 104 jornalistas, pertencentes a mais de uma dezena de OCS, da imprensa escrita e digital, rádios e televisões de Timor-Leste.

Galeria